Caderno de Notas de Azul Artur

No meu Caderno de Notas, serei feliz a apontar as ideias que me surgem raramente em prosa. E assim, é apresentado um conjunto de poemas que surgem, sem querer nada a não ser vir ao mundo, dos mais variados temas mundanos, onde a questão reina, ainda que quase sempre encontre resposta.

“Escuto

Não sei que mais dizer as palavras só as escrever

Num impasse ao próximo resta-me quietude, amiúde

Falar o que não pude
ter uma ida participativa

Resta-me definir a vida para depois a dialogar

Catalogar não talvez questionar

...”

  • Escreveu ou está a escrever um livro que quer publicar?
    Está no lugar certo! Na Atlantic Books estamos constantemente à procura de autores talentosos, para ajudar a transformar as suas ideias em excelentes livros.
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.