Do conflito ao amor

Agora é a hora. A mudança já começou e sentimo-nos perdidos. Nunca tivemos tanto poder e tão pouca força. O que nos falta? Tomar a decisão drástica de dar um passo em direção a nós próprios e outro passo em direção ao outro, de braços estendidos e mãos abertas, sabendo que há um eixo vertical ao centro, cuja gravidade gera uma força centrípeta que tudo acolhe. E esta decisão é drástica porque representa um movimento oposto àquele que temos vindo a fazer, para fora, em direção ao outro, mas com os punhos cerrados. 


 Não precisas de esperar que a noite chegue e as pupilas dos teus olhos se abram numa vã esperança de que outra luz te aconchegue. Cuida-te. Se ela chegar, não tenhas medo de rasgar as sombras e os remoinhos e toda a sorte de silêncios vazios que queiram manchar a tua leveza original, porque sabes bem que essa gruta, onde tens tanto medo de entrar, é a que guarda o teu tesouro. 


  • Escreveu ou está a escrever um livro que quer publicar?
    Está no lugar certo! Na Atlantic Books estamos constantemente à procura de autores talentosos, para ajudar a transformar as suas ideias em excelentes livros.
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.