A Ostra

Ostra: Substantivo feminino, molusco lamelibrânquio comestível fixado às rochas marítimas por uma valva de sua concha. Da Ostra nasce a pérola, também substantivo feminino, concreção esférica ou de outra forma, que se cria em torno de corpos estranhos.

(...) cá estou de novo: humana e poço, sem mais desculpas. nestes dias que se perdem, costumo me deprimir mas hoje não: Vou bem!”

Quando a morte é um fato reconhecido e próximo, vem à tona uma reflexão necessária sobre como (ou porque) vivemos e como faremos para continuar vivos e existindo. A obra convida a uma viagem entre o subterrâneo e o galáctico em temporalidade única e provocativa. Entendendo que nada será como antes, NADA, o livro abre um diálogo intrigante com as costumeiras formas de existir, seja dentro de sua própria casa ou de si. A Ostra, nasce do encontro entre a lupa da vida e o diálogo com a morte. É o infinito e o infinitesimal trazidos pela pequena que ainda está no útero da personagem principal e pelos ruídos do mundo de fora do seu quintal.


  • Escreveu ou está a escrever um livro que quer publicar?
    Está no lugar certo! Na Atlantic Books estamos constantemente à procura de autores talentosos, para ajudar a transformar as suas ideias em excelentes livros.
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.