Uma Sombra a Dançar

sobe e não demores 


sobe e não demores

se ficares, fala o silêncio apaziguante

da existência

da sapiência

não te alongues

as palavras caladas são minas por explorar

com o tacto, o olfacto, o paladar, a visão

sentidos sem sentido, privilegiar a audição

permanece só na passividade calculada

a passividade desleixada abre caminho para a solidão,

connosco

o outro apenas é interjeição.

  • Escreveu ou está a escrever um livro que quer publicar?
    Está no lugar certo! Na Atlantic Books estamos constantemente à procura de autores talentosos, para ajudar a transformar as suas ideias em excelentes livros.
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.