O batalhão da noite

Este livro não é sobre Guerra. Aliás Evaristo considera-se um pacifista. Podia ser um banal velho (idoso, como alguém quererá certamente corrigir), mas isso não faria dele o protagonista desta história. Ávido de saber, vive colecionando livros, que lhe são fornecidos pelo seu batalhão pessoal, o Batalhão da Noite (sonante, não é?). Para além disto, tem uma visão muito própria do mundo que o rodeia, fruto da sua longa e recheada experiência neste planeta. Nem sempre concorda com a maneira como o mundo evoluiu (aliás raramente o faz), situação que o leva a ter relações algo peculiares com coisas tão banais como bancos de jardim de madeira ou livros de autoajuda.

Nesta espécie de viagem no tempo e no espaço, desde a Roma Imperial ao extremo do Cabo da Boa Esperança, esta obra leva-nos a conhecer um pouco do passado e do presente de Evaristo, enquanto este cumpre um castigo com origem em tempos quase imemoriais.

Um relato condimentado de algum humor, mas também crítica, que pretende não só contar uma história, mas também refletir sobre o estado do mundo e da sua constante mudança.

  • Escreveu ou está a escrever um livro que quer publicar?
    Está no lugar certo! Na Atlantic Books estamos constantemente à procura de autores talentosos, para ajudar a transformar as suas ideias em excelentes livros.
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.